André Barcinski

Uma Confraria de Tolos

 

O problema não foi a Shakira, mas o Jamiroquai...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais um post curto, escrito de madrugada. São quase duas e meio da manhã de segunda e espero, sonolento, por Axl Rose.

 

Vi o Rock in Rio quase todo do lugar mais recomendável: o sofá da minha sala.

 

Foram sete noites de muita música e muita entrevista chapa branca nos bastidores.

 

No fim, a conclusão: a escalação do festival é muito equivocada.

 

Gostaria de fazer apenas uma pergunta à direção artística do evento: o que nomes como Jamiroquai, Maroon Five, Maná, Coheed and Cambria, Stonesour, Snow Patrol e Lenny Kravitz adicionaram ao evento?

 

Entendo perfeitamente que um festival desse porte precise de “headliners” como Elton John, Coldplay e Shakira (como poderiam muito bem ter sido Lady Gaga, Foo Fighters ou Paul McCartney). Não é fácil atrair cem mil pessoas por noite, e esses grandes nomes são garantia de bilheteria. Ótimo.

 

Mas será que uma pessoa sequer foi ao festival para ver Maná? Ou Snow Patrol?

 

Já que o sucesso de bilheteria do evento já estava garantido pela popularidade das atrações principais, não teria sido mais bacana escalar artistas melhores – ou melhor, menos medíocres – como atrações secundárias?

 

É só lembrar de 2001. Os principais eram Guns, REM, Chili Peppers e outros, mas também tinha Beck, Neil Young, Queens of the Stone Age e Foo Fighters. Ou seja: vários artistas excelentes e que não eram “headliners”.

 

Por que não tentar isso?

 

No fim das contas, o show que realmente vai ficar na memória, pelo menos na minha, foi o de Stevie Wonder. Esperamos que o próxmo RiR seja bem mais corajoso.

 

P.S.: Um “até breve”!

 

Saio de férias, o blog volta à (a)normalidade em 24 de outubro. Abraços a todos e até lá!

Escrito por André Barcinski às 07h31

Comentários () | Enviar por e- mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

André Barcinski André Barcinski, é crítico da Folha, diretor e produtor dos programas "O Estranho Mundo de Zé do Caixão" e "Preliminares", no Canal Brasil, e co-apresentador do programa "Garagem", na Rádio UOL.

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.